06 junho 2014

Como programar uma viagem de intercâmbio?

Olá Meninas, tudo bem?
Nem devem ter reparado que eu não passei por aqui essa semana né? Mas tudo bem, hoje vim para compensar a ausência. Escolhi um assunto super legal e tentador para falar com vocês: INTERCÂMBIO.
Quando eu terminei o meu ensino médio, eu queria muito viajar para fora do Brasil, estudar inglês, conhecer lugares diferentes e etc. Fiz muitas pesquisas, guardei dinheiro, me programei e infelizmente tive uns problemas pessoais e não pude ir, mas, separei todas as dicas que me ajudaram muito para programar a tal viagem e vou dividir com vocês. Vamos lá?

1 – Como organizar/programar a viagem de intercâmbio sozinha?
Façam todas as pesquisas possíveis sobre o país e a cidade que você quer ir. Vejam se oferecem boas escolas e oportunidades de trabalho. Outra coisa muito importante também é se informar sobre o clima, a cultura e a culinária, para que você não tenha problemas com adaptação. Indicações de amigos que já viajaram para o lugar que você deseja ir também são válidas.

2 – Como saber se a agência que eu escolhi é correta?
Para saber se uma agência é correta, façam buscas nos sites do Tribunal de Justiça de seu Estado e no PROCON, pois, se houver um número considerável de ações judiciais contra a mesma empresa, é sinal de que a mesma não é confiável. Na internet também tem alguns sites super legais que passam várias dicas. Evite ao máximo as agências que NINGUÉM conhece. As vezes ela pode até ser legal e agir dentro das leis, mas é melhor prevenir do que remediar.

3 – Posso trabalhar no país que eu estiver realizando o intercâmbio?
Isso depende das regras de cada país. Na Austrália, por exemplo, é permitido que o intercambista trabalhe desde que seja durante meio período e que sua matrícula na escola da cidade seja de 06 meses. O ideal é entrar em contato com a embaixada do país e se informar com detalhes.

4 – Que tipo de assistência as agências devem prestar ao intercambista?
A principal assistência é a informação e comunicação, rs. O contrato com a agência não se acaba quando você embarca para outro país, muito pelo contrário, todas as garantias são estendidas durante o tempo que você está fora. Para caso de emergências, a agência obrigatoriamente deve ter um canal aberto de contato com vocês intercambistas, seja via telefônica, internet ou até mesmo pessoalmente.

Bom meninas, essas foram as coisas que eu pesquisei loucamente para me programar. Como ainda pretendo ir viajar, essas dicas continuam sendo muito válidas. Tem também a parte de documentação, dinheiro, cartões, etc. Se quiserem, faço um segundo post falando sobre essa parte.

Espero que vocês gostem!

Beijinhos, BIA!
7

7 comentários:

  1. Oii Ana, tudo bom?
    Queria que você desse mais detalhes, como juntar dinheiro, documentos, cartões, etc. Estou querendo me programar para fazer intercâmbio também e estou meio perdida rs.
    Beeijos ;*
    www.justmaay.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Maay,

      Pode deixar, vou fazer sim. Acho que será o próximo ;)
      Beijãão!!

      Excluir
  2. Adorei o post Ana, quero muito fazer um intercâmbio algum dia no momento não é possivel mas quem sabe né haha, beijo
    http://www.procurafeminina.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina,

      Também estou nessa situação. Ainda pretendo fazer algum dia rs.
      Beeijo ;)

      Excluir
  3. Adoreii o post. Por favor dar mas dicas sobre os gastos, as comidas, documentos. Já pensei em fazer intercâmbio e queria saber mas do assunto, por favor faz mas posts. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Beatriz, minha xará *-*

      Vou fazer mais posts sobre intercâmbio sim. Fica de olho que será um dos próximos.
      Beijão!!

      Excluir
  4. Faz mas posts sobre esse assunto :) ADOREEI :D

    ResponderExcluir

Deixe um recadinho :)

Copyright 2011/2014 - EnquantoIssoModa.com - Todos os direitos reservados.